Open Source Sofware

Erro
  • JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com id: 57

Ciclista

Caju Bike: em pouco mais de um ano, mais de cem mil viagens realizadas




27.07.15 14:54

 Na Orla de Atalaia, são 5 estações. Uma delas fica em frente ao Oceanário. Fotos: Ascom/SMTT


Há um ano e quatro meses, a Prefeitura Municipal de Aracaju, através da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito, inovava no conceito de transporte alternativo em Aracaju. Com a parceria da empresa de tecnologia NET, o órgão implantou na cidade o sistema de aluguel compartilhado de bicicletas, o Caju Bike, em março de 2014. Hoje, o número de viagens contabilizadas chegou a mais de 100 mil.


Monitorado pela empresa Samba Transportes Sustentáveis, o Caju Bike ganhou a apreciação do aracajuano e de turistas que vêm à capital. E todos os dias novas pessoas cadastram-se ao sistema como forma de lazer e até mesmo como um meio de fugir do trânsito das grandes avenidas, tendo em vista a boa estrutura de ciclovias existente.


Recentemente, um grupo de cinco amigos fez o cadastro no sistema de aluguel compartilhado de bikes. Para eles, o Caju Bike promoveu uma atividade em que todos pudessem participar e interagir, pedalando. O advogado Igor Marcel Pita conta que "no último feriado, estávamos pensando em algo para fazer e o tempo foi passando, quando vimos já era noite. Então, pensamos: ‘Orla. Caju Bike'. Nos surpreendemos com a qualidade das bicicletas e não paramos mais. É muito gostoso pedalar por aqui", comentou.


Aplicativo


A maioria deles já conhecia o sistema de aluguel compartilhado de bicicletas e já tinha baixado o aplicativo do Caju Bike, mas ainda não tinha utilizado o serviço. Eles explicaram que cadastraram a forma de pagamento para utilizar o Caju Bike por um mês, assim, poderão pedalar mais vezes. Para a universitária Joyce Santana o aplicativo Caju Bike tem alguns diferenciais. "Uma coisa legal do aplicativo é que ele mostra todas as estações e quantas bicicletas estão disponíveis", disse.


O aplicativo está disponível nas plataformas Android, iOS e Windows Phone. Para utilizá-lo basta que o cidadão baixe o aplicativo e cadastre-se. A forma de pagamento, que é essencialmente feita por meio de cartão de crédito, deve ser informada, seja mensal ou por uso. Escolhendo pagar o serviço mensalmente, o sistema creditará R$ 10 por mês. Já no modo diário, o cidadão pagará R$ 5 por dia. Em ambos, o ciclista somente poderá circular com a bike por uma hora, deixando-a em qualquer estação por quinze minutos. Depois desse tempo, ele poderá retirar a bicicleta novamente. Se o tempo exceder, o valor de R$ 5 será cobrado a cada 30 minutos excedentes.


Estações


São 20 estações espalhadas por diversos bairros de Aracaju. Na Orla de Atalaia e Coroa do Meio funcionam seis: Passarela do Caranguejo; Avenida Rotary, oposto ao Terminal da Atalaia; Avenida Santos Dumont, oposto ao número 273 (setor das Quadras); Avenida Santos Dumont, oposto ao Real Praia Hotel (Oceanário); Avenida Santos Dumont, oposto ao Hotel Nascimento (Praça de Eventos); e rua Pedro Mandarino, oposto ao Residencial Mar Mediterrâneo, na Coroa do Meio.


Outras nove funcionam no estacionamento do Parque da Sementeira; Calçadão da 13 de Julho, próximo à Rotatória do Caju e no Mirante; rua José Ramos (Praça da Imprensa); Praça General Valadão; Praça da Bandeira; Praça do Mini Golf (próxima à OAB); Praça Fausto Cardoso e Mercados Centrais. No Centro, as estações estão localizadas na rua Santa Luzia (Praça Tobias Barreto); rua Vila Cristina (Praça Camerino); rua Boquim (Conservatório de Música); rua Monsenhor Silveira (Praça Almirante Tamandaré); e rua Riachuelo (próximo à antiga LBV).


O assessor de comunicação da SMTT, Flávio Vasconcelos, diz que "com essa quantidade de bicicletas, sendo 10 bikes em cada estação, temos uma média de mais de 6 mil viagens por mês, 214 por dia e quase 14 por hora. Isso tudo em um ano e quatro meses. Com certeza, para a gestão é uma alegria e sensação de que estamos no caminho certo, mas quem ganha é a população, que além de ter acesso a um meio de transporte alternativo, contribui também com a diminuição de CO2 na atmosfera e melhora a saúde do corpo", concluiu.

telefones-home620

banner-fala-cidadao3