Open Source Sofware

Mobilidade Reduzida

SMTT participa de reunião do Projeto Vida no Trânsito




05.08.16 18:40

O superintendente municipal de Transportes e Trânsito de Aracaju Nelson Felipe e a coordenadora de Educação Selma Dantas participaram, na tarde desta terça-feira, 02, da reunião mensal do ‘Projeto Vida no Trânsito’. O projeto é uma iniciativa do Ministério da Saúde que visa estimular e subsidiar ações para a redução dos acidentes de trânsito nos municípios brasileiros.


Na ocasião, os profissionais das Unidades de Saúde da Família Manoel de Souza Pereira, no Sol Nascente, e Geraldo Magela, no Orlando Dantas, entregaram ao superintendente algumas sugestões para a melhoria da mobilidade nos respectivos bairros.


Dentro das propostas da comunidade do bairro Jabotiana, estão a pintura de faixas de pedestres e redutores de velocidade na Rua Maria do Carmo Andrade Costa e na rotatória do Conjunto Santa Lúcia, em frente à paróquia, a descentralização das autoescolas e a adaptação para mão única nas Ruas José Pacheco e Alisson Porto.


Por sua vez, a comunidade do Conjunto Orlando Dantas, representada pelos profissionais de saúde, solicitou a adaptação de um ponto de ônibus localizado atrás da USF Geraldo Magela, uma intervenção na entrada do Marivan e a pintura de faixas de pedestres em frente ao supermercado da Avenida Gasoduto e na porta da referida unidade de saúde.


Após o recebimento das sugestões populares, o superintendente Nelson Felipe se comprometeu a acatar todas as sugestões que estiverem ao seu alcance e ressaltou aos presentes algumas intervenções viárias feitas pela SMTT, desde 2013. “Pelo que vi, as solicitações são quase todas possíveis de realização. Encaminharei os documentos para os meus diretores e em breve faremos as adequações. Aproveito a oportunidade, com a presença dos integrantes do Projeto Vida no Trânsito, para destacar o trabalho que temos desenvolvido em Aracaju. Atendendo aos pedidos da comunidade e de modo a promover a mobilidade urbana, nós já fizemos algumas intervenções importantes, como mudanças na regra de circulação de alguns bairros e no cruzamento das Avenidas Euclides Figueiredo e Maranhão. No quesito transporte público, nós intensificamos a fiscalização ao transporte irregular de passageiros e melhoramos significativamente as condições da frota de ônibus. Hoje a frota tem em média quatro anos. E muito mais, que pode ser visto pela cidade. Tudo isso pensando na redução de acidentes e na melhoria da mobilidade dos aracajuanos”, concluiu Nelson.


Os integrantes do projeto Vida no Trânsito convidaram a SMTT para participar da próxima reunião, em setembro, e apresentar um balanço das ações realizadas pelo órgão.

telefones-home620

banner-fala-cidadao3