Open Source Sofware

Mobilidade Reduzida

Transporte público: usuários com deficiência elogiam processo de renovação do cartão




11.05.17 12:23

Fotos: Sérgio Silva

 

Dona Adivânia Nascimento, que tem deficiência auditiva, ficou feliz da ao receber o cartão Mais Aracaju Gratuidade, que dá acesso a todos os ônibus do transporte público da capital. "Foi tudo simples. Vim aqui apenas duas vezes: uma para entregar os documentos e agendar a perícia e hoje para passar pelo médico perito. Eu e meu filho Arthur já recebemos o cartão", contou.


Ela é uma das 1.592 pessoas com deficiência que já garantiram o acesso gratuito ao serviço até o momento. Desde o dia 6 de março, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Aracaju (SMTT) realiza o cadastramento e recadastramento de usuários com algum tipo de limitação física ou mental. A meta é garantir esse direito a aproximadamente oito mil pessoas até o dia 6 de junho, quando acaba o prazo.


Esta campanha é coordenada pela SMTT em parceria com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp), AracajuCard, Ministério Público do Estado (MPE) e Conselho Estadual e Municipal da Pessoa com Deficiência. O objetivo é incluir usuários com deficiência que ainda não têm o cartão de gratuidade e combater as irregularidades e falsificações que foram identificadas no sistema.


Emanuelli Costa, servidora da SMTT, coordena esse trabalho. Uma equipe formada por 13 pessoas, incluindo três médicos peritos, atende uma média de 200 pessoas por dia. "Estabelecemos uma dinâmica de trabalho que possibilita um serviço mais ágil. Além disso, a SMTT viabilizou dois pontos de ônibus provisórios próximo ao local e dois agentes de trânsito dão o suporte a esse público especial na travessia da avenida", explicou Emanuelli.


A aposentada Maria do Socorro Silva, que tem deficiência motora, elogiou a qualidade do atendimento que recebeu. "Do recepcionista ao médico, todos foram muito gentis e pacientes comigo. Só tenho a agradecer", disse. Opinião semelhante tem a dona de casa Eline Batista, diagnosticada com bipolaridade. "Vim achando que tudo seria demorado e difícil, mas hoje passei pela perícia e já estou saindo com minha carteirinha", comemorou.
Procedimento


Para se cadastrar ou recadastrar no Mais Aracaju Gratuidade, o usuário que tem algum tipo de deficiência motora ou mental deve comparecer à Escola de Trânsito da SMTT com documento de identidade com foto, CPF, comprovante de residência e o laudo médico emitido até seis meses antes. No mesmo dia, será agendada uma data para a perícia médica.


No dia da perícia, o cidadão já sai com o cartão em mãos. O prazo final do cadastramento e recadastramento é 6 de junho. A Escola de Trânsito da SMTT fica na Galeria Farol Center, localizada na avenida Murilo Dantas, Bairro Farolândia, em frente ao farol. Mais informações pelo telefone (79) 3179-1410.

telefones-home620

banner-fala-cidadao3