Open Source Sofware

Erro
  • JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com id: 50

Mobilidade Reduzida

SMTT garante fluidez e segurança durante Réveillon




03.01.12 19:25

 

 

Na volta para casa o condutor encontrou trânsito livre na Avenida Beira Mar. Suas duas pistas estavam em sentido único: Praia/Centro.

Mais de 400 mil pessoas participaram da Festa de Réveillon realizada pela Prefeitura Municipal de Aracaju em um dos mais belos cartões postais da cidade, a Orla de Atalaia. Para garantir a chegada e saída deste grande público ao local do evento a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) realizou uma grande operação como o intuito de garantir fluidez nas vias de acesso a Orla e minimizar os transtornos causados pelo grande fluxo de veículos.

A operação Réveillon teve início às 15h do dia 31 de dezembro com o fechamento do trecho da avenida Santos Dumont, que compreende a Passarela do Caranguejo, ponto principal da festa. “Sinalizamos toda a área, informamos aos banhistas e clientes dos bares da Passarela que a partir das 15 horas a via seria fechada e ficaria proibido o estacionamento no local. Essa medida foi tomada, pois acreditamos que uma festa que ocorre na via pública deve ter seus veículos retirados para garantir segurança aos participantes do evento”, comenta o diretor de trânsito da capital, Major Paulo Paiva.

Ao todo, a população contou com seis itinerários que levavam ao local do evento. A novidade este ano foi a rota que dava acesso a avenida Melício Machado pela avenida Alexandre Alcino, no bairro Santa Maria, chegando à rota de fuga do Tecarmo. “Muitos motoristas optaram por este caminho, o que contribui para aliviar o trânsito na avenida Herácliton Rollemberg, na altura do conjunto Augusto Franco. Avaliamos positivamente este novo itinerário”, coloca o Major Paiva.

Atuação

Os pontos principais de acesso ao local da festa tiveram a sinalização reforçada com banners para orientar o sentido de tráfego dos veículos e indicar as melhores rotas para chegar a praia. Além do reforço na sinalização, medidas como a presença de Agentes de Trânsito em cruzamentos movimentados, o fechamento de alguns retornos das principais vias que davam acesso a Orla, retemporização e desligamento de alguns semáforos, a presença de guincho de pequeno e grande porte para fazer a remoção de veículos estacionados em locais indevidos, pôde assegurar fluidez no trânsito.

Setenta e três agentes de trânsito participaram da operação Réveillon e garantiram o direito da população de ir e vir de forma segura. “Vale destacar que os homens e mulheres que compõem o quadro de agentes da SMTT, são profissionais preparados para atuarem tanto com as situações do dia a dia do trânsito como em grandes eventos, como o Réveillon, em que o fluxo de veículos se deslocando para o mesmo local é enorme. Além de profissionalismo, nossos agentes têm paixão pelo o que fazem e é isso que garante o sucesso de nossas operações”, declara o Major.   

Pedestres

Para garantir segurança do grande número de pedestres que se deslocavam em direção à Orla, às 19hs foi restrito o tráfego de veículos pela avenida Rotary, principal ponto de ligação entre o Terminal da zona Sul e a praia. Um grupo de turistas baianos que optaram em ir a pé para a festa aprovou o fechamento da avenida. “Achamos a ideia ótima, o pedestre deve sempre ser priorizado, principalmente, em grandes festas. Garantir a segurança da população que se desloca para a festa é garantir o brilho do evento”, coloca a turistas Maria Aparecida Ferreira.

Com o intuito de facilitar a travessia dos pedestres na avenida Santos Dumont, em frente aos arcos da Orla, foi feita uma canalização em meia pista. Operando no local o agente de trânsito, Cardoso, foi o responsável por orientar passantes e condutores. “Esta canalização é necessária para garantir uma travessia tranquila aos pedestres. Infelizmente muitos condutores não têm a consciência de respeitar o pedestre e acabam não permitindo que este faça a travessia na via de forma segura se a mesma não tiver um semáforo que o obrigue a parar. Por isso, nosso trabalho neste ponto da Orla se torna tão fundamental para garantir a prioridade do pedestre”, afirma.

Ônibus

O transporte público também foi prioridade para este grande evento. Os foliões que se deslocaram a Orla de Atalaia de ônibus contaram com o reforço de mais 30 veículos, além das linhas que convencionalmente fazem o roteiro para o Terminal da Zona Sul. A partir das 22hs do dia 31, outros 20 ônibus reforçaram o itinerário que partia do Terminal do Centro para a Atalaia.

Das 22h do dia 31 de dezembro até a 0h do dia 1º de janeiro, linhas que operavam somente até os Terminais do Distrito Industrial de Aracaju (DIA) e do Centro foram estendidas até o Terminal da Zona Sul. A volta para casa também foi garantida, pela primeira vez nos últimos cinco anos, aqueles que aproveitaram a virada na Orla de Atalaia contaram com 30 ônibus que da 0h até as 4h saiam do Terminal da Zona Sul para diversas localidades da cidade.

Para a diretora de transporte público da SMTT, Shirley Barbosa, a operação obteve o sucesso esperado. “A movimentação foi tranquila, tínhamos fiscais para garantir andamento da operação, contamos com ronda policial nas imediações do Terminal da Zona Sul e a partir das 4 horas da manhã este policiamento foi ostensivo para garantir a segurança dos usuários. Além de todos os veículos disponíveis realizando o itinerário até o Terminal da Zona Sul, contamos com mais cinco carros extras para caso de necessidade como: problema em alguma linha ou aumento na demanda. A operação teve o êxito esperado ”, coloca .

Táxi

Aqueles que optaram por deixar seus veículos em casa contaram com a comodidade e conforto de táxis. Mais de 40 veículos estavam à disposição dos usuários em dois grandes pontos, o primeiro localizado na avenida Rotary, próximo ao Terminal da Zona Sul, e o segundo na rua Deputado Clóvis Rollemberg, ao final da Passarela do Caranguejo. Os usuários ainda puderam desembarcar em locais próximos a festa, no início Passarela do Caranguejo (próximo ao Corpo de Bombeiros), ou no final da mesma.

O casal de turistas de Itabuna (BA), Fred e Andréa Silva optaram em ir e voltar da festa de táxi. O casal elogiou o esquema do trânsito montado pela SMTT. “Optamos por vir de táxi por uma questão de comodidade, para não termos preocupação com estacionamento, com a segurança do veículo, afinal hoje é dia de festa. Conseguimos chegar aqui na Orla com muita tranquilidade, o trânsito fluía bem, percebi que as vias estão bem sinalizadas. O órgão de trânsito de Aracaju está de parabéns”, destaca Fred Silva.

Volta para casa

Após a meia-noite, para facilitar o retorno dos cidadãos a suas residências, as duas pistas da avenida Beira Mar foram colocadas em sentido único, praia/centro. A inversão ocorreu com tranquilidade, os condutores não enfrentaram retenções ao longo da via. “Este é o segundo ano que trabalhamos com esta inversão e mais uma vez funcionou muito bem, não registramos pontos de lentidão ou de congestionamento”, aponta o coordenador de Trânsito de Aracaju, capitão José Luiz.

Para o capitão este é um momento de avaliação da operação Réveillon. “Em vias gerais a operação obteve êxito. Graças ao trabalho de todo nosso pessoal o trânsito não parou, tivemos sim alguns pontos de lentidão nas Avenidas Herácliton Rollemberg e Melício Machado, por conta do grande fluxo de veículos. No entanto, quem passou pela Avenida Beira Mar, uma dos principais acessos de quem vai para a Orla do Centro, encontrou uma via com fluxo livre, bem como a passagem pela Coroa do Meio e Avenida Alexandre Alcino. Avaliaremos os pontos positivos e negativos da operação para que possamos prestar um serviço melhor e mais eficiente à população. A operação Réveillon 2013 já começou a ser pensada a partir da operação 2012”, garante.

A operação Réveillon teve fim às 4hs do dia 1º de janeiro. Foram registradas na Central de Inteligência de Transporte e Trânsito da SMTT seis colisões, sendo duas deles com vítimas não fatais. O primeiro acidente ocorreu às 18h:30 na avenida Hildete Falcão, no cruzamento da Heráclito Rollemberg e Firmino Fontes, envolvendo uma motocicleta e um veículo de passeio. Já o segundo ocorreu na rua Aloísio Campos, no bairro Coroa do Meio, entre um ciclomotor e um veículo de passeio. Ambos os condutores dos veículos de duas rodas foram atendidos pelo Samu e encaminhados para atendimento médico. 

telefones-home620

banner-fala-cidadao3