Open Source Sofware

Motorista

Fique atento: limite de velocidade é coisa séria




29.01.13 13:48

 

(Foto: Ascom/SMTT)

Respeitar a sinalização e o limite de velocidade são princípios básicos para uma condução segura no trânsito. No entanto, muitos motociclistas e motoboys aceleram mais do que o permitido com o intuito de encurtar o tempo da viagem e fazer a entrega mais rapidamente. Mas você sabe por que há uma grande variedade nos limites de velocidade em diferentes pontos da cidade ou da estrada? Simples, os engenheiros de tráfego levam em consideração dados importantes como, por exemplo, as características, o traçado, o volume de carros na via. Todos esses fatores são fundamentais na hora de determinar o limite máximo de velocidade.


Estudos técnicos apontam que cerca de 50% dos condutores excedem em até 10 km/h o limite de velocidade. Outros 20% ultrapassam a casa dos 20 km/h. Além de ser imprudência, você sabe o que isso significa? Maior risco de um grave acidente!


Até aquele pequeno excesso de velocidade, que, inicialmente, parece inofensivo, pode ampliar o risco à sua segurança. Imagine que você transita a 100 km/h em uma estrada plana e em boas condições e, ao fazer uma determinada curva, se depara com um caminhão tombado, que bloqueia completamente a via. Mesmo com um reflexo apuradíssimo, você levará 1,5 segundo para iniciar a frenagem, em outras palavras, já terá percorrido 40 metros. Até concluir a frenagem, com sorte, você “encostará” sua moto na carreta. Agora, imagine se um motociclista ou motoboy trafega a 120 km/h e encontra a mesma cena acima? Acidente na certa. O estudo é tão preciso que aponta até a velocidade estimada do choque: 79 km/h.


Então, antes de reclamar do limite de velocidade, lembre-se que ele foi estipulado para a sua segurança e para a dos demais motoristas. Respeitar a sinalização e os limites de velocidade é a forma mais rápida de se manter vivo!


Fonte: http://www.viverseguronotransito.com.br/

telefones-home620

banner-fala-cidadao3