Open Source Sofware

Pedestre

SMTT promove ação educativa com foco na travessia em lombofaixas




21.01.21 19:42




Com a revitalização do corredor de mobilidade Hermes Fontes, cresce em Aracaju o número de faixas de pedestres elevadas, ou lombofaixas, como são conhecidas. Elas possibilitam uma travessia mais segura para os pedestres, mas muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre seu uso. Por isso, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) promoveu uma ação educativa sobre o tema na manhã desta quinta-feira, 21.

 
O local escolhido foi o trecho da avenida Hermes Fontes próximo à Unidade Básica de Saúde (UBS) Dona Sinhazinha, local com intenso fluxo de veículos e pedestres. Agentes de trânsito e a equipe da Coordenadoria de Educação para o Trânsito (CET) da SMTT conversaram com a população e passaram orientações de segurança sobre o novo dispositivo. 

 
Implantadas pela Prefeitura de Aracaju a partir da obra de revitalização do corredor de mobilidade, as lombofaixas estão cumprindo seu principal objetivo: redução da velocidade dos veículos, tornando a região mais segura para pedestres e motoristas.

 
“O objetivo da lombofaixa é a travessia segura dos pedestres, mas infelizmente, alguns condutores têm desrespeitado a lei e feito conversões proibidas nas lombaixas, colocando em risco a vida dos pedestres. É importante frisar que o dispositivo é para a travessia dos pedestres e é essa mensagem que estamos levando à sociedade”, explica o superintendente da SMTT, Renato Telles. 

 
O que é a lombofaixa?

A lombofaixa fica no mesmo nível da calçada e corresponde a uma combinação de lombada física com faixa de pedestre. Tem pintura diferenciada, com setas na extremidade indicando a elevação. Placa de advertência, instalada alguns metros antes, já alerta os motoristas para a existência do equipamento.
 
 
Em Aracaju, a SMTT tem flagrado situações em que o condutor utiliza a faixa elevada como retorno. O desrespeito à lombofaixa configura infração grave, segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), com multa de R$195,23 e cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).





telefones-home620

banner-fala-cidadao3