Open Source Sofware

Pedestre

SMTT promove ações de conscientização nas escolas da cidade




30.09.21 20:20


A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) realizou, na manhã desta quinta-feira, dia 30, mais uma ação educativa, de caráter lúdico, junto a crianças com idades entre 5 e 10 anos em uma escola localizada no bairro Grageru. Já no período da tarde, a ação foi em uma instituição de ensino no bairro Luzia.
 
Rotineiro, esse trabalho está em acordo com o Art. 76 do Código de Trânsito Brasileiro, o qual estabelece que as atividades de educação para o trânsito devem ser promovidas desde a pré-escola, por meio de um planejamento e de ações coordenadas entre os órgãos integrantes do Sistema Nacional de Trânsito e a rede de ensino.
 
Com atividades em escolas, a SMTT visa a disseminar as boas práticas no trânsito, as quais são importantes para a formação de futuros condutores. Na primeira quinzena de outubro, outras escolas da capital receberão essas ações que abordam noções básicas de trânsito seguro, a travessia na faixa de pedestres e do uso do cinto de segurança ou equipamento de retenção adequado para o transporte de crianças em veículos, de acordo com a idade e o tamanho.
 
O superintendente da SMTT, Renato Telles, destaca que essas atividades interdisciplinares na infância favorecem a formação de futuros condutores mais conscientes. “O trabalho de educação para o trânsito é amplo. Atuamos não só nas ruas e avenidas da cidade, mas também em escolas e empresas. Além da conscientização dos atuais condutores, trabalhamos para a formação de futuros condutores mais conscientes”, pontua.
 
O agente de trânsito e integrante da Coordenadoria de Educação para o Trânsito (CET) da SMTT, Reinato Santos, fala sobre a receptividade das crianças. “Somos sempre bem recebidos nas escolas. As crianças demonstram muito interesse em aprender as regras do trânsito. As crianças são importantes disseminadores de conteúdo, ou seja, repassam o que aprenderam aos pais ou responsáveis, são pedestres e serão condutores no futuro”, afirma.

telefones-home620

banner-fala-cidadao3