Open Source Sofware

Trânsito

Ação educativa conscientiza estudantes e condutores no Inácio Barbosa




19.04.17 18:46

Foto: Ascom SMTT

Os pedestres formam um dos grupos mais vulneráveis do trânsito. Para se ter uma ideia, um em cada cinco mortos no trânsito brasileiro é pedestre, segundo o “Retrato da Segurança Viária”, estudo Realizado pelo Observatório Nacional do Trânsito. E mudar esse cenário é uma das razões para a realização de ações educativas da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Aracaju (SMTT).


Elas são realizadas todas as semanas em diversos pontos da cidade, especialmente próximo a escolas públicas e particulares. Nesta quarta-feira, 19, o comando da Coordenação de Educação para o Trânsito (CET) foi realizado em frente ao colégio Módulo, no bairro Inácio Barbosa. Este tipo de atividade é uma forma de conscientizar a comunidade, desde os mais jovens, como crianças e adolescentes, até os mais velhos, como pais, condutores e professores.


Dentre as recomendações dadas, está a de utilizar as facilidades oferecidas aos pedestres, como calçadas, faixas e passarelas. E, onde houver semáforos, atravessar somente no sinal verde. O grupo Cones de Teatro cantou e dançou ao som dos versos “pezinho na faixa pro idoso e a criança/ porque faixa é direito do cidadão” que embalaram a travessia da faixa de pais e estudantes. Os motoristas e ciclistas também foram orientados a respeitar a faixa de pedestres, não avançar o sinal e evitar outros comportamentos inadequados.


Cézar Andrade Pinto é inspetor do colégio e seu trabalho vai além dos portões da instituição. Todos os dias, antes do horário das aulas, ele ajuda na orientação do trânsito para facilitar o tráfego em frente ao colégio. Para ele, atividades educativas como essa são muito úteis para garantir a segurança de todos. “Procuro orientar da melhor maneira possível, dar dicas aos estudantes para que usem a faixa e também aos pais que dirigem para que não façam fila dupla”, comentou o inspetor.


Uma das integrantes da equipe da CET, Selma Dantas, lembrou da necessidade de falar sobre trânsito com os mais jovens, pois eles ajudam a propagar informações e conhecimento e conscientizar família e amigos. “Nossas ações são um lembrete diário para importância de se atravessar e respeitar a faixa, nosso objetivo é reduzir cada vez mais o número de acidentes, afinal essa é mais que uma questão de educação e sim de saúde pública”, enfatizou Selma.

telefones-home620

banner-fala-cidadao3