Open Source Sofware

Trânsito

Agentes da SMTT participam de curso de mediação de conflitos




19.04.17 19:19

Fotos: ASCOM SMTT

Para facilitar a vida do cidadão, os agentes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) atuam como mediadores de conflitos em casos de acidentes sem vítima. Na manhã desta quarta-feira, 19, eles participaram de um curso, no Fórum Gumersindo Bessa, para aprimorar os conhecimentos sobre o tema.


O curso aborda assuntos relacionados à audiência de conciliação e mediação judicial ou extrajudicial, atendimento e orientação do cidadão e homologação de acordos que serão considerados títulos executivos judiciais. Essa atuação e as aulas são fruto de uma parceria entre a SMTT e o Tribunal de Justiça de Sergipe, através dos Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC'S).


O agente José Lima, que participa do curso pela segunda vez, diz que essa é uma oportunidade para tirar dúvidas. "Era tudo diferente no primeiro curso que fizemos. Nós não tínhamos nenhuma experiência no tema e não sabíamos os tipos de conflitos que resolveríamos na rua. Agora nós já atuamos há um tempo como conciliadores e muitas dúvidas já surgiram. Nessa parte da aula, por exemplo, nós estamos tirando dúvidas referentes a veículos de empresas envolvidos em acidentes sem vítima", explica.


Segundo ele, a população comemora a atuação dos agentes também como conciliadores. "Antes, só a Justiça Volante resolvia essas questões. O atendimento era demorado devido ao número de demandas e acabava atrapalhando o fluxo de veículos na cidade, já que os veículos ficavam parados na via esperando o conciliador. Agora, o atendimento está mais rápido e eficaz. Nós já estamos na rua o tempo todo e toda a ocorrência é registrada por um aplicativo no celular do agente. O envolvido recebe apenas o número do processo e pronto", conclui.


Os agentes foram divididos em várias turmas para que todos participem das aulas sem atrapalhar a rotina de trabalho. Ao concluir o curso, eles recebem certificação de conciliador ou mediador pelo Núcleo Permanente de Métodos Consensuais (NUPEMEC). Os agentes que estão cursando nível superior também garantem horas complementares.

telefones-home620

banner-fala-cidadao3