Open Source Sofware

Trânsito

Edvaldo cria Área para a Prática do Ciclismo em Aracaju




28.08.17 19:26

Fotos: Marcos Vieira 

Aracaju passa a ter uma Área para a Prática do Ciclismo. A iniciativa inovadora foi concretizada na manhã desta segunda-feira, 28, quando o prefeito Edvaldo Nogueira assinou o decreto que cria o espaço e normatiza o seu funcionamento. Em solenidade realizada na sede da Prefeitura, o gestor municipal apresentou aos aracajuanos como se dará o projeto: parte de uma das vias da avenida Santos Dumont, na Orla, será fechada três dias por semana para a prática esportiva. Atletas e entidades de defesa do ciclismo aprovaram a medida.


"Este projeto tem uma variante de significados: é um estímulo à prática esportiva e uma maneira de atrair competições para Aracaju, mas é também um convite ao cidadão para que se aproprie da sua cidade, para que ele tenha mais lazer e desfrute de todos os espaços. Está incutido ainda o conceito de convivência entre os modais. A criação da Área para a Prática do Ciclismo é sinônimo de civilidade", definiu o prefeito Edvaldo Nogueira.


Entusiasta do esporte e gestor que mais investiu na expansão das ciclovias na capital, o prefeito destacou que o fechamento da Orla para os ciclistas é também a garantia de mais segurança. "Os atletas, notadamente os de alto rendimento, passarão a ter um local seguro. É uma forma criativa de melhorarmos a qualidade de vida na nossa cidade. É também uma prova dos compromissos que firmei com os aracajuanos. É um projeto simples, mas de grande significado", reforçou.


Funcionamento


De acordo com o decreto, a Área para a Prática do Ciclismo funcionará às terças, quintas e sábados, sendo que durante a semana o fechamento da avenida Santos Dumont, ocorrerá entre 4h30 e 6h30. Aos sábados, será das 5h às 10h. O percurso, cuja extensão é de 2,5 Km, compreende a área que vai do antigo hotel Parque dos Coqueiros até o Oceanário, na via com sentido Praia-Centro. O investimento mensal da Prefeitura será de R$ 10 mil. Agentes de trânsito garantirão o funcionamento, que se iniciará no dia 12 de setembro.


Para o secretário municipal da Juventude e Esporte, Jorge Araújo Filho, um dos responsáveis pela idealização do projeto, a criação de uma área exclusiva para a prática do ciclismo "supre uma demanda reprimida" que existia em Aracaju, além de contribuir "para o fim do conflito entre ciclistas e veículos", sendo um estímulo à conscientização.


"Era uma demanda das federações sergipanas de Ciclismo e Triathlon e das organizações que representam o movimento do ciclismo. Procuramos então a Superintendência de Transporte e Trânsito (SMTT) para, a partir de uma determinação do prefeito, que é muito sensível às causas da bicicleta, elaborar este projeto, que cria um local específico de treinamento e contribui para a redução dos acidentes envolvendo ciclistas", pontuou.


O superintendente de Transporte e Trânsito do município, Aristóteles Fernandes, destaca que a SMTT garantirá a segurança e tranquilidade na via, quando ela for interditada para a prática esportiva. Os agentes estarão em pontos fixos em todos os dias do fechamento para que não haja fluxo de carros, motos ou ônibus. Além disso, um trajeto alternativo está montado para o transporte público e os particulares.


Atletas comemoram


Principais interessados na novidade, os atletas e defensores do ciclismo comemoraram a assinatura do decreto. "É com muito orgulho e satisfação que vemos a criação desta área, que atenderá tanto aos atletas quanto às pessoas que andam de bicicleta. É uma conquista de todos que gostam de esporte. É um ato significativo do prefeito Edvaldo Nogueira, do secretário Jorge Araújo Filho e da direção da SMTT, que se engajaram nisso para que Aracaju ganhasse um espaço exclusivo para o ciclismo. Cria uma segurança e fará com os motoristas se conscientizem do respeito que deve ser dado aos ciclistas", afirmou o presidente da Federação Sergipana de Ciclismo, Jairo Vieira.


O fundador da organização Ciclo Urbano, Waldson Costa, disse que a criação da Área para a Prática do Ciclismo contempla as demandas do movimento. "Atende uma demanda que existe desde 2013, quando a prática do ciclismo e do triathlton aumentou em Aracaju. A gente fez um levantamento do fluxo de ciclistas naquela via nas primeiras horas da manhã, o que demonstrava a importância do fechamento da área. A realização deste decreto mostra um compromisso da Prefeitura com a prática esportiva", reforçou.


O atleta de triathlon, Walter Andrade Júnior, ressaltou que a área escolhida foi ideal. "É um local onde a gente já pratica o ciclismo. De modo que nos dará agora segurança. É bem importante tanto para o ciclista de competição quanto para o ciclista tradicional", destacou.


Cidadania


O deputado federal Fábio Mitidieri elogiou o decreto. "Parabenizo o prefeito, o secretário Jorge Araújo Filho e o superintendente Ari Fernandes pela iniciativa, que incentiva a prática do ciclismo e representa cidadania, ao passo que estimula a população a conhecer mais a sua cidade, a desfrutar da prática esportiva. Este é o início de um processo de transformação da mentalidade dos aracajuanos", afirmou.


Prestigiaram a assinatura do decreto a primeira-dama do município, Danusa Silva, a vice-prefeita Eliane Aquino, o secretário estadual do Esporte, Antônio Hora, os vereadores Nitinho Vitalle, Antonio Bittencourt, Anderson de Tuca, Jason Neto, Thiaguinho Batalha e Pastor Alves, além dos secretários municipais.

telefones-home620

banner-fala-cidadao3