Open Source Sofware

Trânsito

SMTT revitalizou mais de 500 faixas de pedestre em 2017




13.12.17 16:57

Com o objetivo de proporcionar mais segurança à população nas ruas e avenidas, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Aracaju (SMTT) investiu na revitalização da sinalização horizontal da cidade ao longo de 2017. Até o final de novembro, foram pintadas 504 faixas de pedestre na capital.


O trabalho de revitalização foi necessário porque a maior parte da sinalização da cidade estava desgastada por causa dos efeitos naturais e da falta de manutenção devida durante os últimos anos. Neste processo, foram priorizadas as faixas próximas a instituições de ensino públicas e particulares, além de locais apontados por associações de moradores através dos canais de comunicação do órgão com o cidadão.


Na maioria dos locais, o serviço de pintura ocorre à noite para gerar menos impacto no trânsito. O superintendente da SMTT, Aristóteles Fernandes, destaca que nesta fase inicial do plano de revitalização da sinalização horizontal da cidade, diversas regiões da cidade foram contempladas. “Buscamos descentralizar os trabalhos para que mais comunidades fossem beneficiadas num curto espaço de tempo, seguindo uma orientação do prefeito Edvaldo Nogueira”, justifica.


Já receberam o serviço neste ano ruas e avenidas dos bairros Industrial, 18 do Forte, Santos Dumont, Siqueira Campos, Olaria, São Carlos, Cidade Nova, José Conrado de Araújo, América, Jabotiana, Ponto Novo, Luzia, São José, 13 de Julho, Jardins, Grageru, Farolândia, São Conrado, Atalaia, Coroa do Meio e Santa Maria, além do Centro e da zona de expansão de Aracaju.


A aposentada Cirene Alves Bezerra mora no Bugio e costuma caminhar todos os dias pelas ruas do conjunto. Com as faixas mais visíveis aos olhos de todos, ela diz que sente mais segurança quando precisa atravessar a via. “Antes era muito perigoso, porque as faixas estavam apagadas e a gente dependia da boa vontade dos motoristas. Depois que pintou, ficou muito melhor”, elogia.


Visual


Além de deixar a travessia insegura, a sinalização horizontal deteriorada deixava a cidade menos bela. Com a revitalização, as vias que foram contempladas com o trabalho da SMTT já ganharam um novo aspecto, como a avenida Augusto Maynard, no bairro São José. “Estava muito feio antes, mas agora a história é outra. Todo mundo que passa aqui comenta que a avenida agora é outra”, diz Jailton de Souza, que vende cocos na avenida há mais de dez anos. Antes de ganhar novas faixas, a via recebeu novo recapeamento da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb).



Segundo a diretora de Planejamento e Sistemas da SMTT, Lucimara Passos, há um trabalho integrado entre SMTT e Emurb para que as vias contempladas pelo Programa de Recapeamento Asfáltico recebam nova sinalização horizontal assim que possível. A diretora diz ainda que a meta do órgão de trânsito é aumentar significativamente a quantidade de faixas revitalizadas em 2018. “Este foi um ano de organização administrativa após quatro anos de muitos problemas na cidade. Apesar disso, conseguimos revitalizar mais de 500 faixas e estamos trabalhando para dobrar esse número no próximo ano”, disse.



Além das faixas de pedestre, estão sendo recuperadas baias de ônibus, indicações horizontais de ondulação transversal, retenção de veículos e vagas de estacionamento para idosos e pessoas com deficiência.

telefones-home620

banner-fala-cidadao3