Open Source Sofware

Trânsito

Atividade do Maio Amarelo foca no respeito às pessoas com deficiência




22.05.18 18:22

Fotos: Ascom/SMTT

Aproximadamente 40 mil pessoas com deficiência vivem em Aracaju, segundo o último levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). São cidadãos que têm necessidades especiais ao se deslocarem pela cidade, mas precisam da colaboração dos demais em muitas situações. O problema é que nem sempre isso acontece.


De olho nesse problema, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Aracaju (SMTT) promoveu na manhã dessa terça-feira, 22, uma ação de conscientização na avenida Beira Mar, uma das mais movimentadas da capital. A atividade faz parte da programação do Maio Amarelo – mês dedicado à conscientização no trânsito.


Durante horas, agentes da SMTT, atores do Grupo Cones de Teatro e representantes de instituições parceiras (Uninassau e Unimed) conversaram com motoristas e motociclistas sobre a importância de compreender e respeitar as necessidades dos pedestres com deficiência durante a travessia de ruas e avenidas.


Roque Hudson da Fonseca tem deficiência visual, mas não abre mão de sua independência: gosta de caminhar sozinho pelas ruas da cidade, mas ressalta que isso nem sempre é fácil. “Ações como essa são muito importantes para que as pessoas sejam mais sensíveis e nos enxerguem de verdade no trânsito”, diz.


O presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Romário Vieira, que é cadeirante, reforça o comentário de Roque. “Às vezes os motoristas são impacientes, querem que atravessemos rápido, buzinam. Isso não é legal. Exigimos respeito”, fala. “Por isso estou aqui para apoiar essa iniciativa da SMTT”, completa.


Vagas especiais de estacionamento


Os motoristas com deficiência também passam por problemas quando precisam estacionar seus veículos. Isso porque, frequentemente, as vagas especiais destinadas a eles já estão ocupadas por quem não tem esse direito. O tema também foi abordado pela equipe da SMTT durante a ação dessa terça.


Estacionar em vaga especial de forma irregular é considerada infração gravíssima pelo Código Brasileiro de Trânsito e sujeita a multa de aproximadamente R$ 293, sete pontos na carteira e recolhimento do veículo.


Sobre o Maio Amarelo


O Maio Amarelo é um movimento global que ocorre em várias cidades do mundo. O objetivo é chamar a atenção da sociedades para os altos números de acidentes no trânsito e disseminar boas práticas que o torne mais seguro.


A programação seguirá até o dia 28 de maio, com ações educativas e palestras em todo o estado, em parceria com o Detran/SE, com apoio da Polícia Rodoviária Federal em Sergipe (PRF-SE), Companhia de Policiamento de Trânsito (CPTran), Batalhão de Policiamento Rodoviário (BPRv), Corpo de Bombeiros, Samu, Guarda Municipal de Aracaju, Sest/Senat, Sesi e Instituto Luciano Barreto Júnior. O cronograma de atividades está disponível no site www.smttaju.com.br.

telefones-home620

banner-fala-cidadao3