Open Source Sofware

Trânsito

Usuários aprovam reativação da linha 613 e mudanças na 608 e 614




02.12.19 20:10

 

Realmente, ficou melhor para todo mundo afirma a atendente Marise dos Santos.

Começaram a valer nesta segunda-feira, 2, os ajustes feitos pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Aracaju (SMTT) em duas linhas de ônibus do transporte público (608-Hospital Universitário/Mercado e 614-Sanatório/Centro), além da reativação da 613-Bairro Industrial/Mercado. As mudanças foram implementadas para melhor atender os usuários do sistema.
 
A linha 613 voltou a circular com itinerário ampliado, contemplando moradores do Alto da Jaqueira e Manoel Preto, por exemplo, onde vive a dona de casa Tamires Silva. Ela ficou feliz ao ver o ônibus da linha 613, novamente, em circulação pelas ruas do local. “Antes, tínhamos que caminhar bastante até a parada de ônibus mais próxima. Agora, com a volta do 613, ficou mais fácil se deslocar. Estamos felizes”, disse. 

Já os ônibus da linha 608 seguem agora pela rua Artur Fortes após passarem pela Cláudio Batista, reduzindo, assim, o tempo de viagem até o Terminal de Integração Mercado. “Realmente, ficou melhor para todo mundo que precisa do transporte aqui na região. Os horários também estão melhores e eu estou satisfeita”, afirma a atendente Marise dos Santos.

Completando as mudanças, a linha 614, que realizava o serviço circular, teve seu percurso alterado: desde as primeiras horas desta segunda-feira, os veículos que saem do Centro seguem pelas ruas Cláudio Batista e Nossa Senhora da Glória até o fim de linha no Alto da Jaqueira, retornando ao Terminal de Integração Centro pela avenida Visconde de Maracaju.

Diálogo

Depois de estudadas e aprovadas pela equipe técnica da SMTT, estas mudanças foram anunciadas, inicialmente, a representantes dos moradores da região pelo superintendente Renato Telles.

“O diálogo com a população é uma das marcas da atual gestão municipal e é assim que conduzimos situações dessa natureza: ouvimos a demanda da comunidade, avaliamos as possibilidades e, depois, as colocamos em prática. O sistema de transporte público é dinâmico e evolui conforme as necessidades e demandas. Por isso, fizemos ajustes para melhor atender a população”, explica.

telefones-home620

banner-fala-cidadao3