Open Source Sofware

Trânsito

Demarcação de vagas irregulares de estacionamento prejudica mobilidade urbana




14.09.21 18:55


A demarcação de vagas de estacionamento, sem a devida autorização do órgão competente, está prevista como infração grave, no Artigo 245 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Para evitar essa conduta que prejudica a mobilidade urbana, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) de Aracaju está reforçando a fiscalização em pontos estratégicos da cidade e faz um alerta a população que evite ocupar as vias públicas com objetos que visam a demarcação irregular dessas vagas.


A interdição da via ou de parte dela com cones, cavaletes, barras de ferro e/ou pneus para a reserva de vagas de estacionamento são expressamente proibidos pela legislação de trânsito nacional, que também prevê a remoção imediata dos materiais durante a fiscalização, para evitar os prejuízos à mobilidade urbana, conforme explica o superintendente da SMTT, Renato Telles.


“Ao reservar vagas de estacionamento sem a devida autorização da SMTT, o cidadão prejudica o trânsito e aumenta o risco até de acidentes. Por isso, estamos reforçando a fiscalização regiões de grande movimento, como o Centro, Siqueira Campos, 13 de Julho, São José e outros, são para evitar essa conduta e beneficiar a mobilidade. Durante o trabalho, os agentes removem os materiais utilizados na demarcação e promovem a liberação imediata da via”, conta.


A população pode auxiliar esse trabalho de fiscalização executado pelos agentes de trânsito, com denúncias feitas através do Disque Trânsito - 118. O diretor de Trânsito da SMTT, Thiago Alcântara, fala sobre a importância da colaboração popular.


“Os agentes estão fiscalizando esse tipo de conduta, simultâneo ao trabalho rotineiro da SMTT, mas a ajuda da população através das denúncias também é muito importante para a ação ser ainda mais rápida e efetiva. A ligação é gratuita e não precisa de identificação do denunciante”, disse.





telefones-home620

banner-fala-cidadao3