Open Source Sofware

Trânsito

Casos de vandalismo e furto de placas de trânsito prejudicam a mobilidade urbana




05.10.21 20:09


As placas de trânsito são responsáveis por organizar o tráfego de veículos e pessoas nas ruas e avenidas da cidade. Porém, em Aracaju, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) tem registrado casos de furtos e vandalismos frequentes dessa sinalização, o que, além de deixar o trânsito confuso, aumenta os riscos de acidentes.


Na última semana, por exemplo, o órgão municipal registrou casos de vandalismo na sinalização das avenidas José Carlos Silva, Desembargador Maynard e rua Riachuelo. As placas já foram recolhidas e substituídas por novas.


“As placas de trânsito utilizadas na capital são produzidas na fábrica própria da SMTT, o que agiliza o processo e garante a qualidade dos materiais, mas infelizmente, as sinalizações têm sido alvo constante de vandalismos e furtos, causando prejuízos a mobilidade e também ao cofre público, já que cada placa custa em média R$ 250 para ser confeccionada. É um prejuízo grande e que causa riscos ao trânsito”, declara o coordenador de Sinalização da SMTT, Diego Carvalho.


O superintendente da SMTT, Renato Telles, também ressalta os prejuízos causados à mobilidade urbana. “Quando há o furto ou um caso de vandalismo das placas, há o recolhimento da mesma e a substituição. Nesse intervalo de tempo em que a rua ou avenida fica sem sinalização aumenta os riscos de acidentes. Por isso, é importante que as pessoas denunciem esse tipo de atitude, para que as pessoas envolvidas sejam responsabilizadas, inibindo novos casos”, afirma.


Para denunciar, o cidadão pode ligar para a Guarda Municipal de Aracaju, através do 153, ou a Polícia Militar de Sergipe, no 190.



telefones-home620

banner-fala-cidadao3