Open Source Sofware

Transporte

Usuários do transporte público aprovam nova linha 412 – Inácio/DIA




05.07.17 19:22

Fotos: Ascom/SMTT

“Antes eu precisava esperar meus filhos no Terminal DIA, porque eles estudam no Augusto Franco e é perigoso ir do terminal até o condomínio andando. Tendo ônibus é bem mais fácil, só preciso esperar no ponto”, diz Ana Paula, moradora da rua Quirino, no bairro Inácio Barbosa, sobre a linha 412 – Inácio Barbosa/DIA, criada recentemente pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) de Aracaju.


A 412 é uma linha alimentadora, que está circulando desde o último dia 20 para melhorar a mobilidade urbana dos moradores dos condomínios residenciais Villa dos Mares, Alfa Park, Recanto dos Guarás, Residencial Jardim Flor de Lis, Vila Oriente e Alameda Jardins, todos na rua Quirino, próximo ao Ferreira Costa. O itinerário curto - Terminal DIA, Travessa H, Avenida Quirino, Condomínios, Avenida Tancredo Neves e Terminal DIA – permite que a linha tenha intervalos de horários mais curtos que as demais. O micro ônibus para no Terminal de 15 em 15 minutos.


Marcos Vinicius é motorista da linha e diz que os usuários parecem satisfeitos com a linha 412. “Não é uma linha muito cheia, mas foi importante para os moradores que precisavam ir andando até o Terminal e de lá até em casa. É perigoso ir andando porque não tem casas, só indústrias”, diz Marcos, que antes trabalhava na linha 065 – Marcos Freire/Centro.

A usuária do serviço de transporte, Márcia Freitas, também mora na rua Quirino e diz que "foi uma iniciativa muito boa. Antes, eu fazia esse percurso andando. Com o ônibus é muito mais rápido e seguro. Eu só acho que ela deveria circular até mais tarde por causa do pessoal que estuda à noite", sugere.


Anselmo Santana trabalha na SMTT há 30 anos, é fiscal do terminal DIA e tem a mesma impressão. “As pessoas viram a notícia da criação dessa linha e vieram me perguntar se era verdade e qual o horário. É um percurso que dá pra fazer à pé, mas elas se sentem mais seguras em ir de ônibus”, confirma.


O superintendente Aristóteles Fernandes diz que a linha atendeu aos pedidos da população e que qualquer cidadão pode sugerir novas linhas ou alterações. “É muito bom quando a gente faz alguma mudança e a população aprova. A criação da linha 412 foi sugestão dos moradores da rua Quirino, nossos técnicos viram que era necessário e possível e então colocamos em prática. Para sugerir alterações ou outras linhas, a população pode nos trazer ofício, abaixo assinado, ou fazê-lo por meio da ouvidoria, no telefone 3238-4646”, explica.

telefones-home620

banner-fala-cidadao3