Open Source Sofware

Transporte

Órgãos de segurança e PMA definem estratégia para restabelecer linha de ônibus 607




01.10.18 17:26

Reunião aconteceu na sede do Comando da PM (Fotos: Ascom/SMTT)

Representantes da Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA), de empresas e trabalhadores que atuam no transporte público da cidade se reuniram com integrantes da Polícia Militar e da Polícia Civil de Sergipe para discutir uma estratégia de segurança que permita o restabelecimento da linha de ônibus 607 - Santos Dumont/Mercado, suspensa no mês de setembro devido a ações de violência na região do bairro Japãozinho. A reunião aconteceu na manhã desta segunda-feira, 1º de outubro, no Quartel do Comando Geral da PM.


Após discussão sobre os pontos mais vulneráveis do percurso dos ônibus, o comandante do Policiamento da Capital, tenente-coronel Vivaldy Cabral, e a coordenadora de Delegacias da Capital, delegada Viviane Pessoa, propuseram ações de combate à violência a curto prazo que possibilitassem o retorno dos motoristas e cobradores que trabalham nos veículos. O diretor-geral da Guarda Municipal de Aracaju (GMA) confirmou que a instituição pode dar apoio à ação.


Os detalhes da proposta não foram divulgados por questões estratégicas, mas agradou o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Aracaju (Sinttra). "Após ouvir as autoridades de segurança, vamos indicar a categoria que confie nas garantias dadas pelas policiais e retome o trabalho na linha 607", afirmou o secretário-geral do sindicato, Valtenes Porto, que representou os motoristas e cobradores na reunião.


O secretário municipal da Defesa Social e da Cidadania, Luís Fernando Almeida, classificou a reunião como proveitosa. "Está havendo uma soma de esforços dos órgãos de segurança para retomar um serviço essencial para a população da zona Norte. Atendendo a uma orientação do prefeito Edvaldo Nogueira, estamos aqui acompanhando o plano de ação e colocando nosso trabalho à disposição para que os ônibus voltem a circular pelo bairro o quanto antes", avaliou.


Também presente na reunião, o gestor interino da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), Renato Telles, elogiou o empenho coletivo para restabelecer a linha 607. ‘É hoje uma das prioridades da gestão municipal. Os usuários do serviço não podem ficar desassistidos e os trabalhadores precisam ter garantias de segurança. A Polícia Militar e a Polícia Civil compreenderam a urgência da situação e vamos ajuda-los no que for necessário", declarou.


A reunião foi aberta pelo comandante da PM/SE, coronel Marcony Cabral, e, além das autoridades já citadas, contou com a presença de representantes da Viação Modelo, da Viação Atalaia e da Delegacia de Combate a Roubo a Ônibus.

telefones-home620

banner-fala-cidadao3