Open Source Sofware

Transporte

Ações da Prefeitura ajudam a evitar a proliferação do novo coronavírus no transporte coletivo




15.04.20 17:49


Manter o distanciamento entre pessoas é uma das principais recomendações das autoridades sanitárias do país e do mundo para frear a curva de transmissão do novo coronavírus, causador da covid-19. Por este motivo, o transporte público coletivo tem recebido a devida atenção da Prefeitura de Aracaju no âmbito das medidas adotadas para restringir a circulação de pessoas na cidade. 
 

“A Prefeitura vem tomando diversas medidas em relação ao transporte público para combater a disseminação do novo coronavírus e minimizar o risco de contaminação. Neste momento de pandemia, a orientação é que o transporte coletivo seja utilizado somente por aqueles que trabalham em serviços considerados essenciais ou de extrema necessidade. Por isso, pedimos a colaboração de todos e continuaremos trabalhando para Aracaju sair o mais rápido possível da pandemia do coronavírus”, destaca o superintendente municipal de Transportes e Trânsito, Renato Telles.

 
Tendo em vista que, diariamente, o sistema de transporte público coletivo, em Aracaju, transporta, em média, 220 mil pessoas, o que chega a 1/3 da população total da capital e, portanto, um número expressivo de pessoas em circulação e contato intenso, a frota de ônibus passou a ser reduzida, 30%, em horários que não sejam de pico, e 50%, nos fins de semana, para diminuir a circulação das pessoas na cidade.

 
As empresas de transporte público que atuam em Aracaju passaram a cumprir a determinação feita pela Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) de que as mesmas intensificassem a higienização dos ônibus, várias vezes ao dia. 

 
A primeira higienização diária dos veículos acontece ainda na madrugada, antes da saída dos ônibus às ruas. As demais, durante os períodos de repouso nos terminais de integração. Toda a limpeza está sendo feita com um produto específico, usado para assepsia de objetos clínicos utilizados em hospitais. 

 
Outra medida já tomada foi a disponibilização de álcool em gel nos terminais de integração. A orientação é que os passageiros sempre higienizem as mãos antes de embarcar e ao desembarcar dos veículos. Além disso, os banheiros de todos os terminais estão recebendo reforço de sabão para os usuários do transporte higienizarem as mãos.  

 
A Prefeitura passou, também, a realizar a desinfecção de áreas públicas, como os terminais de integração de toda a cidade. Na prática, os serviços começam pela varrição de todo o local. Depois é feita uma lavagem com sabão geleia, que é um produto desinfetante, e em seguida é aplicado o hipoclorito de sódio, um antibactericida e esterilizante, para eliminar o vírus que porventura esteja no chão, corrimão, em catracas, dentre outros locais.

 
Uma das últimas ações adotadas pela Prefeitura, por meio da SMTT, foi o emprego de operadores de embarque. Esses funcionários, tipo fiscais, estão nos terminais para auxiliar os usuários de transporte público e para manter o distanciamento durante o embarque nos ônibus. Além disso, os operadores sugerem aos passageiros que esperem outro ônibus todas as vezes que um veículo já está com todos os acentos ocupados. Esta é uma medida para evitar aglomerações dentro dos ônibus. 




telefones-home620

banner-fala-cidadao3