Open Source Sofware

Transporte

SMTT reforça fiscalização do transporte escolar para garantir cumprimento de protocolo sanitário




22.01.21 15:46

Com a retomada das aulas presenciais nas escolas particulares de Aracaju, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) está reforçando a abordagem aos veículos que realizam o serviço de transporte escolar para fiscalizar o cumprimento do  Protocolo Sanitário de Retomada às Aulas Presenciais para Prevenção da Infecção Humana pelo novo Coronavírus, elaborado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a Rede de Vigilância Sanitária e Ambiental. Nesta sexta-feira, 22, a fiscalização da SMTT foi feita em uma escola localizada no bairro Inácio Barbosa.



De acordo com o protocolo, os transportadores escolares devem disponibilizar álcool 70% para os passageiros, fazer a higienização do veículo duas vezes ao dia; exigir o uso da máscara aos alunos e funcionários do transporte e verificar a temperatura dos passageiros ao entrarem no veículo. Recomenda-se que o acesso dos passageiros seja restringido, caso a temperatura esteja acima de 37,8°C ou apresentem sintomas respiratórios como tosse, coriza e etc.



“Os agentes estão verificando, além da documentação dos veículos, se os transportadores estão cumprindo as recomendações do protocolo da Saúde, que é fundamental neste momento de retorno das aulas presenciais. Contamos com a colaboração dos profissionais do serviço e também dos alunos, pais e responsáveis para que o retorno siga tranquilo e continuemos na luta de combate à disseminação do novo coronavírus”, ressalta o superintendente da SMTT, Renato Telles.



Cumprimento do protocolo


A transportadora escolar Suzana Martins, afirma que está seguindo todos os protocolos estabelecidos. “Estamos tomando todos os cuidados. Adquiri álcool 70% e coloquei recipientes no veículo para uso dos passageiros, todos usam máscara e eu meço a temperatura quando vão entrar no veículo. Estamos recomeçando com total segurança para que as aulas não sejam mais interrompidas e os alunos possam ir para a escola com tranquilidade”, conta.



A fiscalização seguirá até o fim de janeiro, principalmente nas escolas em cujo entorno há maior circulação de veículos. Os transportadores flagrados em desacordo com o protocolo serão impedidos de circular até que atendam às exigências sanitárias.




telefones-home620

banner-fala-cidadao3